COMO FAZER UM BRAINSTORMING EFICIENTE

Todas as vezes que surge a ideia de criar um novo produto ou pensar no futuro do negócio, os jovens empreendedores se deparam com a necessidade de discutir ideias e analisar o que é melhor para o futuro.

Uma ferramenta ideal para utilizar nesse momento é o “Brainstormng”, também conhecido como ‘tempestade de ideias’, uma conversa informal onde todas as ideias devem fluir livremente e sem compromisso para que a inovação possa emergir.

A LIGA JOVEM EMPREENDEDOR preparou um tutorial de como realizar o brainstorming de forma eficiente que forneça resultados práticos.

Photo by rawpixel.com from Pexels 1

Antes de tudo, é preciso que toda a equipe, ou seja, todos as pessoas envolvidas no processo de discussão se preparem, tendo em vista qual a solução que pretende ser alcançada com a realização da tempestade de ideias.

É preciso ter clareza sobre o que será discutido. Confira a seguir as técnicas de brainstorming e orientações para alcançar sucesso nessa atividade:

  1. COMECE PELO PROBLEMA

A reunião deve começar com uma definição clara do problema. Ela determina o propósito do brainstorming. Ao longo do encontro, a equipe deve manter o foco.

  1. QUEM E PARA QUÊ

Antes de começar, tenha certeza de que o grupo tem conhecimento sobre as necessidades dos interessados em encontrar a solução.

  1. AMBIENTE FAVORÁVEL

Garanta que as pessoas se sintam confortáveis no local em que o brainstorming será realizado. Considere, até conduzir o processo fora do contexto do ambiente de trabalho – isso incentiva as pessoas a pensarem de forma diferente.

  1. INSPIRE-SE

Minutos antes do início, é importante orientar os participantes a preparar a mente. Revisar tudo o que se sabe sobre o problema ou ler um estudo de caso sobre a solução. O objetivo é inspirar.

  1. IDEIAS NASCEM NA MENTE

Grupos não possuem mente. Portanto, antes de iniciar, é interessante que cada participante desenvolva suas próprias propostas para  problema – e que sejam anotadas e registradas. Pode-se por exemplo, instigar os participantes a pensar sobre alternativas para cada objetivo do brainstorming, pedindo que eles identifiquem qual é a melhor delas.

  1. DISCUSSÃO COLETIVA

Para evitar que uma ou duas pessoas dominem a conversa, deixando ideias de lado, a recomendação é que sejam usadas todas as anotações dos participantes envolvidos. Outra ideia é que o moderador do brainstorming não deixe uma pessoa apresentar suas ideias todas de uma vez. Ele deve circular perguntando se há alguma sugestão que não foi discutida, para que todos participem.

  1. ABRA A TORNEIRA DE IDEIAS

A quantidade produz qualidade. É preciso acumular o máximo possível de ideias para que possa descartar as ruins e medianas e ficar apenas com as que valem a pena.

  1. IDEIAS EXTRAPOLANTES

Não faça julgamentos – principalmente precipitados – sobre as ideias que forem apresentadas pelo grupo. O julgamento tente a interromper o fluxo de criação. Isso deve, aliás, ser recomentado no início do processo.

Já para tomar uma decisão pessoal, você deve fazer um brainstorming sozinho. Nesse processo, pode ser utilizada uma folha de papel para anotar todas as ideias e deixar fluir o que a mente propor. O importante é  não se policiar. Quanto mais ideias, mais chances de encontrar uma boa resposta.

LEIA TAMBÉM: 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s